Morar na alemanha legalmente através de trabalho e estudo

Munique

Atualmente mais de 8 milhões de estrangeiros vivem na Alemanha, o que representa em torno de 8% da população total do país. Entre os países europeus a Alemanha é o que apresenta o número maior de residentes estrangeiros, seguido da Inglaterra.

Esse número vem crescendo especialmente nos últimos 5 anos, resultado das ótimas oportunidades de trabalho e estudo no país. Ao contrário do que muitos pensam, a economia e o mercado de trabalho alemão não foi atingido pela crise europeia e está à todo vapor, atraindo milhares de imigrantes europeus e não europeus todos os anos.

A Alemanha tem muito a oferecer em termos de trabalho e estudo e possui uma qualidade de vida difícil de ser encontrada em outros países no mundo, motivos esses suficientes para chamar a atenção de brasileiros e incentivá-los a mudar para o país. No entanto, não basta somente decidir vir morar aqui. Morar legalmente na Alemanha não é tão simples assim, não é vir de mala e cuia e ficar.

Existem algumas formas de morar legalmente na Alemanha, dentre elas: através de casamento; como acompanhante (esposo, esposa, filho); com a ascendência alemã (sendo descendente de alemães); com cidadania europeia; como refugiado; com emprego/estágio, ou como estudante. Se a sua intenção é morar legalmente no país, é essencial que o seu caso seja um desses; se não, é melhor reconsiderar a sua decisão.

Assumindo que o seu caso não é casamento, acompanhamento, que você não busca refúgio no país e nem possui a cidadania alemã, explicarei brevemente como é possível morar na Alemanha vindo a trabalho ou a fins de estudo.

A trabalho

Trabalho na Alemanha

A Alemanha facilita a imigração de trabalhadores qualificados e altamente qualificados que possuam no mínimo um bacharelado. As áreas que mais necessitam de trabalhadores qualificados e especializados são: Matemática, TI, Ciências Naturais e Medicina.

Se você tiver um diploma de ensino superior reconhecido e meios de sustento próprios comprovados, o governo alemão oferece um visto de 6 meses para que você possa vir ao país buscar emprego. Se dentro desses 6 meses você conseguir encontrar um emprego que lhe ofereça um salário mínimo anual de 47.600 euros (2014)*, poderá assim dar entrada no Cartão Azul da UE. Esse documento dá o direito de residir e trabalhar na Alemanha. Mais informações sobre o Cartão Azul da UE podem ser obtidas neste documento (somente em inglês).

Se o seu caso não for esse, a outra maneira de conseguir encontrar emprego na Alemanha será correr atrás de uma empresa que esteja disposta a dar entrada no seu processo de visto de trabalho. Para isso, a empresa terá que provar ao governo da Alemanha que não há um alemão com as mesmas qualificações que você capaz de preencher essa vaga. Sim, é complicado, é exatamente por isso que o país dá prioridade a pessoas que sejam bem qualificadas, lembrando que saber pelo menos o básico do alemão é muito importante nessa busca.

Visto de trabalho para a Alemanha

No caso de estágio, normalmente só será possível ser feito caso esteja na Alemanha como estudante, ou que já esteja legalmente no país. Muito raramente uma empresa irá trazer um estagiário de outro país, mas sim, acontece, principalmente com nacionais europeus. No entanto, vale lembrar que após o estágio não há garantias de que você será efetivado na empresa, muito menos que poderá residir no país após seu término.

Muitas empresas oferecem também a oportunidade de fazer um programa de trainee, que normalmente dura 2 anos e proporciona a possibilidade de ser efetivado na empresa. Essas vagas são muito concorridas e dependo da área, requerem um excelente nível de alemão.

Existem muitas profissões que para serem exercidas na Alemanha irão requerer o reconhecimento do seu diploma no país. Dependo da sua área, especialmente se for relacionada à saúde, esse processo pode ser complicado e envolve o domínio do idioma alemão e pelo menos um teste. Se você busca algo específico, o ideal é entrar em contato com o consulado alemão mais próximo para obter mais informações.

Para nacionais europeus, o processo de vir à trabalho para a Alemanha é mais fácil, mas o conhecimento do idioma alemão ainda assim é imprescindível.

*Para profissões com escassez de trabalhadores qualificados, o mínimo é de 37.128 euros (2014).

A estudo

Estudar na Alemanha

Todos os anos o número de estudantes estrangeiros na Alemanha aumenta; a grande maioria vem para programas de dupla titulação, onde têm a oportunidade de ficar de 6 meses a 1 ano. Os níveis variam entre bacharelado, mestrado, MBA e doutorado.

A Alemanha é o terceiro lugar mais procurado por estudantes internacionais no mundo, depois dos Estados Unidos e Inglaterra. De acordo com informações do DAAD (Deutschen Akademischen Austauschdienst) a maioria dos estudantes são nacionais da China, Rússia, Áustria e Índia, mas desde 2012 notou-se um grande aumento de estudantes vindos do Brasil, Bangladesh e Índia.

Se o seu objetivo é vir estudar na Alemanha, o primeiro passo a ser dado é procurar uma universidade que ofereça o seu curso. Depois é importante checar os critérios de admissão da instituição. A grande maioria delas requer um nível intermediário de alemão (B1) para ingresso no curso. No entanto, é possível encontrar cursos onde falar o idioma inglês já seja suficiente.

Entrar em contato com a universidade para tirar dúvidas é imprescindível. Os funcionários da instituição escolhida serão as pessoas mais indicadas para te orientar com o processo de aplicação. É possível que eles também auxiliem com o pedido do visto, o qual será feito após você ser oficialmente aceito pelo universidade e após o seu registro ao chegar na Alemanha.

A grande vantagem de vir morar na Alemanha como estudante são as oportunidades que você terá de encontrar emprego aqui, e possivelmente passar a residir no país. Diversos estudantes permanecem aqui ao final dos estudos. Para buscar cursos e universidades na Alemanha, bem como obter mais informações sobre estudar no país como bolsa de estudos, etc., clique aqui.

Mudar-se para a Alemanha ou para qualquer outro país não depende somente da sua decisão. Cada país tem suas leis de imigração e para viver legalmente e usufruir de certos benefícios é necessário respeitá-las. Portanto, antes de vir ao país para ficar, informe-se sobre seus direitos e deveres, dessa forma a sua mudança será bem mais simples.

Fonte: Brasileiras pelo Mundo Foto: Allane Milliane

Anúncios

Willkommen deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s